sábado, 19 de agosto de 2017


Veja porque acima de tudo o melhor é temer a Deus

Você já se perguntou se não há o que temer?


A Bíblia é a principal fonte de revelação divina, que temos da parte de Deus. Pois, ela não é apenas um livro de histórias escrita por alguns homens na antiguidade, mas sim, um livro repleto de palavras que geram vida, com diversos assuntos para os nossos dias atuais. Saiba que, este livro é o mais traduzido, mais estudado e o mais usado para criação de outras obras literárias no mundo.

Não estou aqui para te dizer o que você talvez já saiba, mas sim, chamar sua atenção para algo que, muitas das vezes não nos atentamos e passam despercebidos por muitos, durante sua vida inteira aqui nesta terra.

Até aqui, quero que você reflita comigo o seguinte: Será que devo viver minha vida sem se preocupar com mais nada, será que não existe algo a mais ou maior, além de tudo que já conheçi, já experimentei ou já ouvi falar.

Foi pensando nisto que resolvi escrever este artigo, continue lendo para saber mais…


As maiores conquistas 


A história nos revela um homem chamado Salomão, que foi o Rei de Israel, sendo este homem o mais sábio e o mais rico de todos os tempos na história da humanidade. Através das sagradas escrituras, verificamos que desde sua juventude até sua velhice, ele provou de tudo o que havia de disponível e, de melhor para um ser humano usufruir na vida em sua época.

Quando falamos de riquezas, Salomão foi o Rei mais rico de todos os reinos da terra de todos os tempos. Quando falamos de sabedoria, ele era admirado por outros reinos que vinham até ao seu reino para contemplar sua sabedoria e riquezas, sendo este, mencionado até os dias de hoje. Sua obra, vida e reinado é relatado nos seguintes livros da bíblia: alguns Salmos, Provérbios, Cântico dos Cânticos e Eclesiastes.

A Bíblia registra em  1 Reis 11:3 que o Rei Salomão casou-se com 700 mulheres e possuía 300 concubinas, ou seja, este homem possuiu, atraiu e conquistou tudo o que estava dentro do seu alcance, sendo obediente a Deus em tudo, porém mais tarde, veio a se desviar desta obediência. Assunto este, que não tratarei neste artigo.

Todavia, diante de todo seu histórico de vida, medo, lutas, conquistas, perdas, vitórias, casamentos, observamos que a mão poderosa e providência divina estavam com ele, pois os propósitos de Deus se cumpriram em sua vida.


O verdadeiro significado da vida debaixo do sol 


Tendo vivido o melhor que um ser humano possa imaginar nesta terra, Salomão podia simplesmente nos relatar que a busca por todas estas coisas, é o que realmente deve valer a pena buscar e alcançar para nossas vidas.

Porém, ao analisarmos o versículo bíblico abaixo, verificamos uma orientação do Rei Salomão que nos revela uma visão totalmente diferente veja:

De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme a Deus, e guarda os seus mandamentos; porque isto é o dever de todo o homem.Porque Deus há de trazer a juízo toda a obra, e até tudo o que está encoberto, quer seja bom, quer seja mau. Eclesiastes 12:13,14

Diante deste versículo observamos o conselho final de Salomão em relação a sua experiência de vida. Aqui me chamou muita atenção, pois muitas pessoas buscam viver o melhor em suas vidas, achando fazer as suas escolhas certas, mas infelizmente muitas delas encerram suas vidas, sem entender o que realmente vale a pena para sua vida temporal aqui nesta terra.

Porque nada trouxemos para este mundo, e manifesto é que nada podemos levar dele. 1 Timóteo 6:7

Conclusão


A verdadeira felicidade não esta naquilo que vemos ou possuímos, porque na verdade nada nos pertence, a verdadeira felicidade e o verdadeiro sentido da vida, é saber que existe um Deus que nos ama incondicionalmente, o qual preparou todas as coisas para o bem daqueles que o amam.

A Bíblia menciona que o único caminho para ter acesso diretamente a Deus todo poderoso, é por meio da fé no nome do seu Filho amado “Jesus Cristo”, o qual se entregou na cruz do calvário para morrer por mim e por você. Este é, a verdadeira sabedoria, a verdadeira riqueza e a verdadeira luz para todo ser humano, que caminha neste mundo cheio trevas e incertezas devido à contaminação do pecado.

É por isso, que enquanto estamos neste mundo, acima de todas nossas buscas durante a nossa vida nesta terra, o melhor a se fazer é temer e confiar em Deus, crendo em seu filho amado, para estarmos com Ele para toda eternidade.

Por: Missionário Vagner

Veja porque acima de tudo o melhor é temer a Deus

domingo, 2 de julho de 2017

Deus dá uma medida para cada um


Alguma vez! Você já se sentiu decepcionado, angustiado, derrotado ou cabisbaixo consigo mesmo, com um sentimento de que as coisas só dão certo com outros e não com você?

Creio que sim! Talvez, você não esteja passando por isso agora, porém acredito que algum dia você já tenha passado por esta situação. Então, continue lendo este artigo e receba uma revelação de Deus para sua vida hoje. Se você crer, Amém!

Quando lemos no livro de Gênesis no Cap. 4, na história de Caim e Abel, podemos perceber que havia condições de igualdade para ambos, quando apresentaram sua oferta diante de Deus. Contudo, na leitura desse capítulo observamos que Deus rejeitou um e aceitou o outro, Por quê? Porque, quando os  dois irmãos Caim e Abel apresentaram sua oferta a Deus, percebemos na leitura do texto, que havia algo a mais que o Senhor estava observando, algo que não estava no campo visual do homem, mas no campo visual de Deus, ou seja, as intenções do coração.

Através deste artigo, você irá verificar que Deus dá uma medida para cada um, conforme a vontade dele, porém Ele não interfere em nossas escolhas. Continue lendo abaixo:

Questionamentos sobre a igualdade

para que vocês venham a ser filhos de seu Pai que está nos céus. Porque ele faz raiar o seu sol sobre maus e bons e derrama chuva sobre justos e injustos.Mateus 5:45
Constantemente as pessoas questionam sobre igualdades em suas vidas, algumas acreditam que Deus é bom com alguns e não com outros. Isto é muito ruim, pois não há verdade neste tipo de pensamento.

Vejamos! A Bíblia diz que Deus não faz acepção de pessoas, pelo contrário, são as pessoas que fazem acepção de Deus, pois Jesus veio para todos, para todos aqueles que creem com fé em seu nome para sua Salvação e mesmo assim, ainda existem aqueles que não acreditam. É importante dizer que “Deus ama a todos, mas abomina o pecado.”

Quando você diz que as coisas não estão dando certo para você, mas só com os outros, é um tremendo engano. Pois, essas pessoas que deram certo na vida, com certeza, passaram por muitos processos e esforços até chegar onde chegaram. Saiba que, “Deus dá uma medida para cada um de nós”, agora, a maneira como será utilizado esta medida é o que faz toda diferença na vida de alguém.

Não tome decisões precipitadas

Não é bom ter zelo sem conhecimento, nem ser precipitado e perder o caminho.Provérbios 19:2
Quantos relacionamentos acabados, quantos laços de amizades desfeitos e quantas portas fechadas, tudo por causa das situações adversas em nossas vidas. Talvez, você já tenha passado por algumas dessas situações e ficou uma grande pergunta no ar. Por quê?

Gostaria de lhe responder com outra pergunta. Quantas decisões você tomou, sem antes, consultar a Deus, sem apresentar o seu problema em oração ao Senhor?

É muito importante compreender, que Deus não interfere em nossas escolhas, ou seja, Ele respeita as nossas escolhas e decisões. O fato de algo ter dado errado em sua vida, não é porque Ele fez isto acontecer, mas sim porque você realizou muitas escolhas erradas e tomou decisões sem pensar e refletir na palavra de Deus.

Saiba que, Deus não quer que nós erramos ou sejamos vencidos, pelo contrário, quando o buscamos verdadeiramente de coração e mente, Ele está nos alertando o tempo todo em relação ao que pedimos e, também nos concede a força e o vigor espiritual necessário em todas as áreas da nossa vida, para enfrentarmos as lutas e alcançarmos as nossas vitórias.

Não troque o certo pelo duvidoso 

Não haja nenhum imoral ou profano, como Esaú, que por uma única refeição vendeu os seus direitos de herança como filho mais velho.Hebreus 12:16
Se você é uma dessas pessoas que baseiam suas decisões no que vê, comece desde já orar ao Senhor e pedir para que o Espírito Santo te revele a verdade no seu coração. O fato é que sem meditarmos na palavra de Deus e sem o auxílio do Espírito Santo em nossa vidas e,  de maneira nenhuma saberemos como identificar a vontade de Deus e qual a direção que  devemos seguir.

Deus fala com você de várias maneiras, em qualquer local, mas acredito que a maneira principal é pela palavra de Deus, onde ao efetuar a leitura em Espirito de oração, Deus irá se revelar para você poderosamente e falará no seu coração.


Conclusão

Ao falarmos sobre questionamentos, decisões e escolhas. Você pode verificar que Deus precisa ser o primeiro em tudo na sua vida e que Ele dá uma medida para cada um, porém a forma que Ele  irá tratar com cada pessoa poderá ser diferente, porém o amor pelo qual ele te ama, responde suas orações e age na sua vida é o mesmo para todos: “Jesus Cristo” o filho de Deus.


Deus dá uma medida para cada um

sábado, 1 de julho de 2017

Como ter os conselhos de Deus

Ter os conselhos de Deus para mim hoje é primordial, pois necessito tomar as decisões corretas em minha vida, na Bíblia, temos uma palavra que é Espirito e vida.

Todos os dias enfrentamos centenas de escolhas e decisões difíceis. Muitas vezes, não sabemos quais são os conselhos de Deus e como tomar a decisão certa mediante a sua palavra?

Devo pedir desculpas ou não devo pedir. Devo perdoar ou não perdoar. Devo me reconciliar ou não. E assim por diante….

Mas, à medida que vivemos o nosso dia a dia, muitos de nós enfrentamos decisões difíceis e que mudam nossa vida. Sou muito agradecido a Deus pela incrível promessa na sua palavra.

Leia atentamente Salmos 32: 8

Eu o instruirei e o ensinarei no caminho que você deve seguir; eu o aconselharei e cuidarei de você. Salmos 32:8


Esta é uma promessa das Escrituras muito animadora, pois constantemente oro "Pai Obrigado, você prometeu me instruir e me ensinar de maneira que eu devo ir e me aconselhar com seus olhos sobre mim. Por favor, te peço: guie-me nesta decisão que estou enfrentando. Por favor, mostre-me o que devo fazer. Por favor, me dê sabedoria dos céus para tomar minha decisão. Obrigado, Pai eterno, pois o Senhor que me prometeu."

Continue lendo e veja como ter os conselhos de Deus para sua vida!

É importante observar os conselhos de Deus, pois é o próprio Deus que nos instrui: "Eu vou instruí-lo … Eu vou ensiná-lo... Eu vou aconselhar você … Eu cuidarei de você."

Deus não delega o seu conselho a um anjo ou a qualquer outra pessoa. Ele próprio é a fonte de toda sabedoria para nos aconselhar. Aquele que desenvolveu as leis da natureza e do universo, que sabe como todo o cosmo trabalha em conjunto, que conhece todas as coisas, incluindo o futuro; Aquele que nos conhece intimamente, quem sabe o que é melhor para nós e que tanto nos ama, que derramou o sangue de seu filho unigênito para nos comprar. Este é o único que nos instrui e nos aconselha.

Saiba que Deus nos ensina e nos guia para a sua própria glória:

Ele quer que nós conduzamos a nossa vida da melhor maneira possível. Ele deseja mostrar sua infinita bondade, misericórdia e poder transformador através de nós. Deus quer nos aconselhar mais do que queremos o seu conselho, tudo isso através do Espirito Santo e da sua palavra que habita e age em nós.

Como um Pai amoroso ele quer nos mostrar o caminho a seguir:

Imagine o seguinte: Você é um Pai e tem um filho, e este filho por sua vez está enfrentando dificuldades em sua vida, e este filho lhe pedisse um conselho, com certeza, você como um verdadeiro Pai não lhe diria para descobrir por conta própria. Mas sim, diria ao seu filho: Meu filho quero que faça o bem. Quero que você tenha o melhor para sua vida. Quero que conheça e goste do meu Deus. Se você deseja essas coisas para o seu filho, quanto mais o nosso Pai celestial os deseja para todos nós?

Ele nos aconselha falando por meio da sua Palavra e seu Espírito:

A palavra de Deus é um tesouro de sabedoria e orientação espiritual. Nela iremos encontrar tudo o que precisamos saber sobre Deus e como obedecer a ele.  Todavia, a palavra está preenchida com a vontade de Deus de capa a capa. Além disso, Deus nos enche de seu próprio Espírito Santo, o Conselheiro, que nos guia em toda a verdade e nos mostra o que fazer em todas as situações do nosso cotidiano.

Deus também fala através da pregação, ou seja, por meio da exposição da sua Palavra (a Bíblia) e também por outros materiais com conteúdos cristãos. Ele também nos guia através de conselheiros cristãos piedosos por meio de: nossos pais, pastores, amigos sábios e companheiros crentes com base na palavra.

Quem toma a decisão é você:

Desde o princípio vamos observar como Deus nos instrui por meio da sua palavra. Em Gênesis Cap 2:16-17, quando o Senhor falou da árvore do conhecimento do bem e do mal, ordenando ao homem para que não comece da árvore do conhecimento do bem e do mal, veja isto, embora Deus  tivesse instruído o homem para não comer, a decisão de obedecer ou não ficou a critério do homem, que por sua vez, fez a escolha errada.

Qual o problema ou situação que você está enfrentando hoje?

Antes de tomar uma decisão, que poderá mudar a sua vida, vá em espírito de oração ao seu pai amoroso e agradeça-lhe por sua promessa maravilhosa de ensinar você a guiá-lo e aconselhá-lo pessoalmente. Procure-o sempre em pequenas ou grandes decisões, tanto faz.

Então, confie nele e não se preocupe. Ele certamente cumprirá sua promessa de guiá-lo conforme escrito na sua palavra. Se você procurá-lo e tiver que tomar uma decisão, e ainda não sabe o que fazer, lembre-se a decisão é sua, faça o seu melhor, sempre se atentando para a palavra de Deus. Ele irá guiá-lo.

Lembre-se! Ele é fiel para cumprir a sua palavra.


Por: Missionário Vagner :) ;)


Tags: conselhos, Deus, atualidade, tomar decisão, orientação espiritual


Como ter os conselhos de Deus

dicas evangelismo pelo facebook


Você acredita que é possível evangelizar eficazmente pelo Facebook?


Ao falar sobre este tema, sei que existem cristãos que são prós e outros contras a utilização dessa ferramenta tecnológica.

Porém, meu intuito neste artigo não é contradizer ninguém, pois respeito o ponto de vista e a opinião de cada um.

Contudo, quero te mostrar que é possível sim; evangelizar eficazmente pelo Facebook de maneira rápida, simples e eficiente, sem nos desviar das verdades reveladas na palavra de Deus.

Leia atentamente este versículo: Romanos 10.14
Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? e como crerão naquele de quem não ouviram? e como ouvirão, se não há quem pregue? Romanos 10:14
Sim, acredito que a nossa geração tem as melhores ferramentas para "incentivar-se um ao outro diariamente" do que qualquer outro momento da história.

O Facebook, por exemplo. Através deste poderoso site, agora temos a capacidade de manter contato com as pessoas como nunca antes!

Enquanto o Facebook é um ótimo lugar para você ficar intimamente ligado aos seus melhores amigos e familiares, gostaria de incentivá-lo a publicar e compartilhar mais sobre a vida e o ministério de Jesus Cristo.

Pois, você pode postar conteúdos sobre os feitos, os milagres e as curas que Jesus efetuou em seu ministério terreno, registrados na Bíblia.

Utilize o Facebook de uma maneira sutil e consciente, para levar seus amigos em direção a Deus. Use-o como um veículo para promover os propósitos de Deus neste planeta. Tudo isso se resume à mentalidade.

Qual é o seu propósito para envolver as pessoas no Facebook?

Felizmente, você verá o que uma ótima plataforma de Facebook pode ser para o seu ministério.

Com isso em mente, aqui estão algumas dicas evangelismo pelo facebook, para promover o Reino de Deus e ajudar os outros em sua caminhada com o Senhor Jesus:


8 Dicas para evangelizar eficazmente pelo Facebook

1. Use suas atualizações de status como uma maneira sutil, para bendizer a Deus, ao Senhor Jesus Cristo e ao Espírito Santo de Deus.

Particularmente, não gosto de usar o Facebook para outros fins pessoais, mas sim para propagação da palavra de Deus. No entanto, eu gosto de postar versos bíblicos que falou ao meu coração, durante meus momentos devocionais, citações de outras pessoas piedosas, e outras visões espirituais que o Senhor me dá de vez em quando. As atualizações regulares e sutis do status podem percorrer um longo caminho para atrair seus amigos para Deus.

2. Crie uma página de grupo para sua igreja ou ministério.

Criar uma página (Fanpage) no Facebook para sua igreja é quase tão importante agora quanto ter um site para sua igreja. O site da sua igreja pode facilmente atrair novos visitantes que estão procurando pelo seu conteúdo, porém isto demanda um pouco mais de tempo para começar acontecer. No entanto, uma página do Facebook é um pouco mais rápido para acontecer o engajamento e você pode criar mais oportunidades para desenvolver a sua comunidade, através de diversos meios de publicações.

Uma vez que você tenha essa página no Facebook, também pode se tornar uma oportunidade fantástica para o alcance. Quando os membros da página gostam de atualizações e fotos dessa página do Facebook, esses gostos aparecerão em seus próprios feeds de notícias. Isso se torna uma maneira sutil para seus amigos começarem a aprender sobre sua incrível igreja. Descobrimos que, sempre que publicarmos fotos em nossa página do Facebook, essas se transformam em milhares de impressões para pessoas que atualmente não frequentam nenhuma igreja. E esta divulgação é GRATUITA! 

Muitas igrejas hoje gastam com muitas despesas e esforços para criar sua própria comunidade on-line privada, através do site da igreja (uma seção apenas para membros). Eu não quero te desencorajar com essa abordagem a ter um site ou blog, pelo contrário, recomendo fortemente ter ambos se possível. Porém, para um resultado mais rápido e acessível, acredito que é melhor manter sua comunidade on-line também aberta no Facebook, onde as pessoas sem igreja já têm suas contas e podem se conectar facilmente.

3. Divulgue sua Fanpage para todos os membros da igreja .

Avise e divulgue todos os eventos e acontecimentos da sua igreja na sua Fanpage. Convide os membros da sua igreja, amigos e familiares para curtir suas publicações. Lembre todas as pessoas para curtir sua  sua Fanpage no Facebook.

Após curtirem, suas publicações aparecem na linha de tempo de cada pessoa, isso pode dar milhares de impressões no Facebook a cada semana. Quando os amigos do Facebook veem que têm dois ou três amigos que já atendem a sua igreja, isso lhes dará uma razão para considerar uma possível visita. 

Os amigos no Facebook também começarão a perceber que "algo importante está acontecendo" em sua igreja!

4. Crie eventos regularmente para sua igreja ou ministério para o qual você pode convidar amigos.

Quando você cria um evento no Facebook para sua igreja ou ministério, isso cria impulso para ajudar a aumentar o atendimento e o envolvimento (Engajamento). Ele também fornece uma ferramenta gratuita para os membros da igreja usar para convidar seus amigos para o seu evento.

O evento não precisa ser elaborado. Pode ser apenas o título do sermão do seu pastor naquela semana. Mas criar um "evento" em torno desse tópico pode percorrer um longo caminho para atrair novas pessoas.

Por sinal, tenha em mente que o pastor não é o único que pode / deve configurar esses eventos. Qualquer pessoa na igreja que se ocupa pode fazer essas coisas para avançar no ministério. Na verdade, provavelmente é ainda mais eficaz se esses eventos forem criados por não pastores.

5. Envie solicitações de amizade para convidados e amigos do ministério da sua igreja.

Quando os convidados visitam uma igreja, muitas vezes sentem que estão invadindo a reunião familiar de outra pessoa. Uma ótima maneira de ajudar a quebrar essas barreiras é enviar uma solicitação de amizade uma vez que você conheceu um pouco na igreja.

Enviar-lhes um pedido de amizade mostra-lhes que você quer se aproximar dele (a) como mais do que um visitante da igreja; Você realmente quer se tornar um amigo. O Facebook cria uma ótima oportunidade para começar a plantar as sementes da amizade.

6. Conecte-se aos diversos ministérios e grupos que estão representados no Facebook e, em seguida, goste e compartilhe suas atualizações de status em seu próprio mural do Facebook.

A maioria dos maiores ministérios e grupos cristãos do país já estão bem posicionados no Facebook. Leve algum tempo para encontrar esses ministérios e grupos cristãos surpreendentes e, em seguida, entre nos grupos deles.

Eu cresci pessoalmente muito na minha jornada com o Senhor ao receber um fluxo constante de atualizações de status desses grandes e poderosos ministérios e grupos cristãos.

Essas atualizações também me dão material valioso para compartilhar com outras pessoas na minha própria linha do tempo.

7. Com toques leves, gostando ou comentando as fotos e as atualizações de status dos seus amigos.

Quando você gosta de uma imagem ou atualização de status de um de seus amigos no Facebook, ele comunica uma mensagem sutil que você se preocupa com eles.

Estes funcionam bem porque são toques leves. A propósito, para conhecidos, você provavelmente vai querer usar isso com moderação. Você não quer pessoas "estranhas" que você mal conhece, gostando de cada foto e atualização de status que eles postam.

Mas ocasionalmente percebendo suas atualizações pode ajudá-lo a começar a se conectar em um nível mais profundo.

8. Mantenha o equilíbrio com seu perfil, unindo o lado pessoal do Facebook junto com o foco do seu ministério.

O Facebook é poderoso em termos de relacionamento. Se você usá-lo apenas como um perfil pessoal ou para auto-promoção, você realmente começará a alienar seus amigos.

Portanto, trabalhe para manter um equilíbrio aqui. Vá em frente e poste uma foto desse evento incrível ou o vídeo desse louvor inédito. Mas, em seguida, certifique-se de espalhar algumas mensagens ocasionais das verdades do Evangelho em sua linha de tempo de tempos em tempos.

Conclusão

Independente da forma ou técnicas que você for utilizar para evangelizar eficazmente pelo Facebook. Lembre-se! Utilize-o com muita, mansidão e sabedoria para o Reino do nosso Deus. Você pode utilizar estes mesmos princípios para outras redes sociais. Não deixe de plantar as sementes da palavra de Deus, pois no tempo certo o nosso Deus e Pai irá dar o crescimento necessário. Amém...

Por: Missionário Vagner :) ;)


Tags: dicas, evangelismo, eficácia, facebook, relacionamento espiritual


8 Dicas para evangelizar eficazmente pelo Facebook

domingo, 25 de junho de 2017

Como eu me sinto quando não sou bem sucedido

É importante compreender que, desde quando Adão e Eva cederam na primeira tentação no Jardim do Éden, o fracasso tem sido uma parte da nossa experiência humana. Como portadores da imagem de Deus, somos capazes de coisas notáveis. Mas, como portadores de imagens caídas, somos simultaneamente capazes de terríveis coisas. De pequenos erros a colapso colossais, estamos muito familiarizados com a dor e a vergonha do fracasso. Mas, na Sua graça, Deus redime as falhas do Seu povo, e Ele os usará para moldar e formar nossas vidas.


A beleza do evangelho

O coração humano anseia por justificação. É por isso que quando nos sentimos derrotados ou culpados, procuramos um bode expiatório para carregar as nossas culpas, porque queremos dividir estes sentimentos. Nossa tendência natural é buscar validação pessoal em nossos sucessos, garantindo legitimidade por nossas realizações.

Então, cada empreendimento falhado seja em grau pobreza, um processo de falência, um casamento quebrado ou simplesmente um momento embaraçoso, aponta nossa fraqueza, loucura e imperfeição, ou seja, nossa falta de justiça.

Essa dor para a justificação, para aprovação nos olhos dos outros, é a camada superficial de uma dor mais profunda que temos para sermos aprovados aos olhos de Deus. O que realmente precisamos é a aprovação, validação e aceitação daquele que, em última instância, importa. Precisamos ser justificados diante de Deus. Este é um presente possível, se acreditarmos de coração no evangelho de Cristo.

"Nós sabemos que uma pessoa não é justificada pelas obras da lei, mas pela fé em Jesus Cristo" ( Gálatas 2:16 ). A boa notícia do evangelho é que podemos ser declarados justos diante de Deus através da fé em Jesus, além de nossas realizações e diante de nossas falhas contínuas.

O evangelho é um grande intercâmbio: Jesus carrega todos os nossos fracassos e é condenado para que, pela fé, possamos suportar a Sua justiça e ser aceitos por Deus. Através da fé em Jesus, somos perdoados e adotados como filhos queridos de Deus, amados pelo Pai tanto quanto Jesus é amado pelo Pai.

Nenhum sucesso poderia conferir esse status a nós. Então, quando falhamos, não precisamos ser abalados no núcleo. Pois, o evangelho diz mais sobre nós do que as nossas falhas. O veredicto que Deus fala sobre nós supera qualquer outro veredicto falado sobre nós por nossas vozes ou as vozes dos outros. Deus usa nossos fracassos para nos libertar da justiça e nos apontar para Jesus, em quem encontramos uma justiça suficiente para nossa confiança, valor e alegria inabalável. Em Cristo, o poder do amor salvador e justificador de Deus pode lavar a vergonha e a aversão de nosso pecado e fracasso.


Os ídolos de nossos corações

Quando definimos o fracasso e as falhas que mais tememos, revelamos o que estamos construindo em nossa identidade. Nossos medos também revelam o que valorizamos em nossos corações. O apóstolo Paulo testificou em  Filipenses 3: 8: "Perdi todas as coisas e as considero como lixo, para que eu possa ganhar Cristo".

O Senhor Jesus foi o último prêmio de Paulo. Jesus era a única coisa que vale a pena perder todas as coisas para ter. É por isso que Paulo poderia perder tudo e ainda se alegrar. Paulo havia ordenado seus amores com justiça, valorizando supremamente o que era extremamente valioso. Seu grande objetivo era conhecer, amar, servir e se tornar como Jesus. Este é o maior esforço do coração humano.

Desta forma, o sucesso final é conhecer, amar, servir e tornar-se como Ele; Não fazer isso é o fracasso final. Então, quando o negócio se dobra, o relacionamento se desmorona, ou seus planos de parentalidade não funcionam, você pode sofrer o fracasso, mas não ser desfeito por ele. A perda é dolorosa, mas as coisas que perdemos não são nosso prêmio e objetivo final. Nós temos Cristo, o valor supremo, a pérola de grande preço, e Ele é o suficiente.

A fome da redenção final

Se estamos em Cristo, um futuro glorioso nos espera. Nossos pecados, sofrimento e, finalmente, a morte são lembretes brilhantes da realidade do nosso fracasso. Mas no final, em um piscar de olhos, seremos criados para uma vida indestrutível e nos desculparemos da vergonha para sempre ( 1 Cor. 15: 42-56 ).

Um dia, seremos glorificados, finalmente livres do pecado, sofrimento, fracasso e fragilidade ( Romanos 8: 18-23 ). Brilharemos como o sol no reino de nosso Pai ( Mt 13:43 ), e governaremos e reinaremos com Cristo nos novos céus e terra nova ( Romanos 8:17 ). A alegria, a beleza e a perfeição infinitas nos aguardam.

Mas ainda não é esse dia, pois nós ainda falhamos e caímos e fazemos coisas feias, o que nos lembra que não somos o que um dia nos tornaremos. Se removermos a dor do nosso fracasso, a glória será despertada em nossos corações, que alimentará maior fidelidade e paixão pelo reino de Deus. No final, a falha falhará, e nós reinaremos.

Então, dizemos com o apóstolo João: "Amém! Venha, Senhor Jesus! "


Tags: Falha , Idolatria , Sucesso na Vida , Sucesso no Ministério

Como eu me sinto quando não sou bem sucedido

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Top 3 Batalhas internas constantes de um Líder


Líderes que estão totalmente envolvidos em suas batalhas e missões diárias, não percebem suas feridas como resultado dessas lutas. Feridas estas, que mexem com o equilíbrio espiritual de qualquer ser humano, sendo ele um grande líder ou não.

Não há como evitar batalhas se você quiser progredir de forma consistente, no território onde a luta é travada nunca é fácil, e sempre tem um preço para se pagar. Enfim, não existe vitórias sem lutas e sem derrotas, no final haverá sempre um resultado positivo ou não.

A vida nunca concede um passeio gratuito, os líderes não recebem um cartão "Boas vindas" quando se trata de resolver problemas sérios e enfrentar batalhas. A boa notícia é que nunca estamos sozinhos. Deus traz sua presença, poder e favor à nossa vida, mas Ele nunca remove o elemento humano, ou seja, Ele conhece bem o nosso interior.

As realidades da nossa humanidade exigem que enfrentemos uma variedade de problemas, tais como pressões financeiras, questões pessoais, problemas familiares,  desalinhamento de visão e valores, e a lista continua. Estes são problemas muito reais, mas todos ocorrem no domínio externo.

As batalhas mais comuns que enfrentamos são batalhas internas. Às vezes, são pequenos conflitos são sobre coisas cotidianas e que facilmente podem ser conquistados. Todavia, existem conflitos que permanecem por longos períodos de tempo, no entanto, eles podem atrapalhar no ministério de qualquer líder.

É melhor identificá-los o quanto antes e dedicar esforços intencionais para derrubá-lo através da leitura bíblica devocional, orações, sábios conselhos e passos práticos de ação.

Leia atentamente: 2 Coríntios 10:4-5

As armas com as quais lutamos não são humanas; pelo contrário, são poderosas em Deus para destruir fortalezas.Destruímos argumentos e toda pretensão que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levamos cativo todo pensamento, para torná-lo obediente a Cristo.2 Coríntios 10:4,5

Confira abaixo; Top 3 Batalhas internas constantes de um Líder:

1) Distração

Não é incomum se distrair no ministério. Os líderes são muitas vezes puxados em várias direções ao mesmo tempo. Se não estamos centrados, focados em nosso trabalho, é fácil afastar-se das prioridades mais produtivas.

É melhor identificar primeiro a origem da distração. Ele pode vir de várias formas de coisas como questões de saúde, falta de foco intencional e disciplina, lutas familiares, sensação de sobreposição e até mesmo aborrecimento. Sim, os líderes podem estar ocupados, mas não devem se desviar das questões de suas ocupações, para não se encontrarem aborrecidos pelo acumulo questões ainda não resolvidos.

Pode parecer contraintuitivo colocar mais tempo na questão da distração, mas enquanto estiver focado em uma solução positiva, estabelecendo prioridades, metas e ações para alcançar os resultados das questões do seu ministério no seu dia a dia, essa é a melhor maneira de vencê-lo.

O apóstolo Paulo, na carta aos Filipenses disse:

Irmãos, não penso que eu mesmo já o tenha alcançado, mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante,prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus.Todos nós que alcançamos a maturidade devemos ver as coisas dessa forma, e se em algum aspecto vocês pensam de modo diferente, isso também Deus lhes esclarecerá.Filipenses 3:13-15


2) Desânimo

Eu não conheço um líder de igreja que não tenha experimentado o desânimo. Seja ele por questões mal resolvidas ou não. A pergunta é: Se ele pode desencorajar outros líderes demonstrando este desamino? Sim, é possível, mesmo que seja uma mentira, convencê-los de que Deus não está com eles, e isto pode ser um enorme golpe à igreja.

O desencorajamento geralmente vem quando você está cansado e dominado. O desencorajamento muitas vezes encontra sua marca, quando sua perspectiva se torna distorcida. Quando você pensa coisas, que quando você está nele, ninguém se importa, e nada está funcionando.

Tire algum tempo para descansar, pensar e conversar. Obtenha algum tempo com um amigo confiável para ajudá-lo em oração, com objetivo de ver com mais clareza. Deus está com você e você está fazendo algo que importa!


3) Coração dividido

Este uso do termo "coração dividido" refere-se a quando um líder não está claro sobre sua vocação, paixão e propósito.

E lá procurarão o Senhor, o seu Deus, e o acharão, se o procurarem de todo o seu coração e de toda a sua alma.Deuteronômio 4:29

Quando um líder não tem certeza de como deve ser o seu trabalho ou carreira, eles podem se tornar de mente dupla, o que resulta em conflito interno. O resultado final é o sentimento de ser puxado em duas direções. Nenhum líder pode sustentar isso por um longo período de tempo.

Isso é muito diferente de sonhar com oração sobre o seu futuro e o que Deus tem reservado para você. Um coração dividido é quando você não está realmente claro sobre o que você deveria fazer no presente.

Se este for o caso, não entre em pânico, mas não o deixe de lado para lidar com isso "mais tarde". Você pode piscar e um ano passou! Reserve algum tempo prolongado para pensar, orar e buscar conselhos sábios sob a direção de Deus.

Em última análise, isso chegará a um processo de tomada de decisão. Está é a parte que só você poderá realizar, mas ninguém. Por isso, faça escolhas sábias, sempre atento a palavra de Deus.  Leia esta postagem sobre “Como ter os conselhos de Deus” creio poderá ajudá-lo com mais informações sobre tomada de decisões práticas.

Se você está distraído, desencorajado ou com um coração dividido, tenha conforto em saber que está caminhando em um território familiar, pois outros líderes já passaram ou passam pelas mesmas situações que você. Mas apenas saiba que Você pode vencer tudo isso, não desista. Dê o primeiro passo hoje, o ministério dinâmico é diferenciado do estático.

Nunca pense que você vai agradar a todos. O importante é saber que o nome Senhor está sendo honrado e glorificado, através da sua vida e ministério.

Por: Missionário Vagner


Tags: Liderança , Desânimo , Coração dividido , Distração


Top 3 Batalhas internas constantes de um Líder

terça-feira, 20 de junho de 2017

Você se torna no que você come


Gosto dessa expressão: “Você se torna no que você come.” Na Bíblia, lemos uma passagem em Jo 6:51-56 onde o Senhor Jesus disse:

Eu sou o pão vivo que desceu do céu. Se alguém comer deste pão, viverá para sempre. Este pão é a minha carne, que eu darei pela vida do mundo".Então os judeus começaram a discutir exaltadamente entre si: "Como pode este homem nos oferecer a sua carne para comermos? "Jesus lhes disse: "Eu lhes digo a verdade: Se vocês não comerem a carne do Filho do homem e não beberem o seu sangue, não terão vida em si mesmos.Todo o que come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia.Pois a minha carne é verdadeira comida e o meu sangue é verdadeira bebida.Todo o que come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele.João 6:51-56

A esperança é para nossa alma o que a energia é para o nosso corpo. Assim como nossos corpos devem ter energia para continuar, nossas almas devem ter esperança de continuar.

Quando nosso corpo precisa de energia, nós comemos alimentos. Mas quando nossa alma precisa de esperança, o que nós alimentamos? Das Promessas de Deus.

Por que alimentamos nossas promessas da alma? Porque as promessas têm a ver com o nosso presente e futuro, e esperamos ver pelo cumprimento dessas promessas em nossas vidas, mesmo que demore cerca de um mês, um ano ou dez anos.

Nós nunca esperamos o passado. Podemos agradecer o passado. O passado pode inspirar ou mesmo garantir um futuro esperançoso para nós. Mas todas as coisas maravilhosas que nos aconteceram no passado não alimentarão nossa esperança se nosso futuro parecer triste.

No entanto, se o nosso futuro for promissor, nossa alma terá esperança, mesmo que o nosso presente seja miserável, porque a esperança é o que mantém a alma em paz.

Então, nós "comemos" através da palavra de Deus as promessas de Deus, que nossa alma digere (acredita) e converte-se para a esperança. Oh Glória!

Os Alimentos tóxicos para Alma

Ao alimentar o corpo, há "comida saudável" e há "comida não saudável". Ambos irão, no curto prazo, produzir energia. Mas os alimentos saudáveis ​​fornecem os tipos certos de energia, aumentam a operação dos complexos sistemas do corpo, reforçam sua resistência contra a doença e aumentam sua durabilidade e longevidade. A comida não saudável, por outro lado, tem essencialmente o efeito oposto em todas essas áreas, e contribui para doenças do corpo ao longo do tempo.

Da mesma forma, existem "promessas saudáveis” e as “promessas aparentemente saudáveis". Ambos irão, no curto prazo, produzir esperança. Mas promessas saudáveis dentro da palavra de Deus (a Bíblia) ​​, fornecem o certo tipo de esperança e promovem uma saúde espiritual para eternidade em todas as complexidades da alma humana. As promessas aparentemente saudáveis, por estarem fora da palavra de Deus provam, em última instância, tóxicas e levam à morte da alma.

Percebemos, que tanto a nutrição física como a espiritual são importantes, porque sempre nos tornamos o que comemos. No entanto, devemos ter maior cuidado com o que alimentamos nossas almas, ou seja, se filtramos os conteúdos que consumimos, porque muito mais está em jogo.

O mundo jás no maligno, por isso, o diabo está consciente de que alimentamos a nossa alma das promessas de Deus ou não, e é por isso que, existem as promessas fora da palavra estão em toda parte. Eles são fortemente comercializados (observe cada tentação para o pecado é uma promessa de algum tipo de felicidade), atrativamente embalados, saborosos (embora não verdadeiramente ricos), convenientes, e tenham um fascínio particular quando você está com pouca esperança. Eles entregam um toque rápido de falsas esperanças e arruínam seu apetite por promessas verdadeiramente saudáveis.

Mas as promessas aparentemente saudáveis sempre decepcionam porque seu zumbido é seguido por uma esperança que nos faz mergulhar em culpa, vergonha e vazio. Eles nunca entregam a felicidade que eles prometem porque nossas almas são projetadas para uma esperança muito melhor. E, no entanto, as promessas aparentemente boas podem ser viciantes, porque depositamos a nossa confiança em algo que perece.


A comida viva: “JESUS”

"O homem não vive de pão sozinho, mas. . . Por cada palavra que vem da boca do Senhor "(Deuteronômio 8: 3, Mateus 4: 4). Nossas almas são projetadas para serem alimentadas pelas "promessas preciosas e muito boas" de Deus (2 Pedro 1: 4).

Mas essas promessas não são meras palavras humanas; Elas são vivas e ativas (Hebreus 4:12), procedendo diretamente da Palavra viva, Jesus Cristo (João 1: 1). Ele é a Palavra de Deus (Apocalipse 19:13) e "todas as promessas de Deus encontram o seu fim e cumprimento nele" (2 Coríntios 1:20).

O que poderia dar mais esperança às nossas almas pecaminosas do que as promessas de Jesus de perdoar completamente todos os nossos pecados, remover todo o julgamento e a ira do Pai contra nós, estar sempre conosco (Mateus 28:20) e nos dar a Vida Eterna na presença de Deus com plena alegria e prazeres para sempre (Salmo 16:11)? Somente nele encontramos "um futuro e uma esperança" (Jeremias 29:11).

É por isso que Jesus se chamou o pão da vida (João 6:35). A graça passada de sua morte e ressurreição garante um fluxo interminável de esperança que dá graça futura para nós, que se estende até a eternidade. Comer estas promessas é comer este pão vivo e viver para sempre (João 6:51).

E Jesus criou a Bíblia como um depósito de alimentos vivos e vivos para os seus santos. É cheio de promessas, e ele nos convida a vir se alimentar dele gratuitamente (Isaías 55: 1)!


Você pode mudar hoje

Este alimento que torna vivo a nossa alma é mais vital para a nossa saúde final do que a comida corporal. Mas aprender a comer bem por causa do bem-estar do nosso corpo tem lições valiosas para comer bem para o bem-estar da nossa alma. E uma dessas lições valiosas é que nossas preferências de gosto podem ser alteradas. Pense nisto!

Nossos gostos são condicionados por hábitos e maneiras erradas de pensar sobre os alimentos. Comer os alimentos saudáveis e as promessas saudáveis, ​​requer mais trabalho, para planejar novos hábitos de disciplina que não são tão convenientes e divertidos quanto as promessas aparentemente saudáveis. E se nos tornarmos condicionados a promessas altamente processadas, açucaradas e vazias, artificialmente projetadas para serem viciantes, podemos achar que o sabor e a textura dos alimentos verdadeiros são menos divertidos.

A única maneira de quebrar o hábito de comer promessas aparentemente saudáveis é cultivar um gosto por promessas ricas, nutritivas, duradouras, profundamente satisfatórias e verdadeiras. É preciso comer comida real para desenvolver o sabor da comida real. Devemos ser pacientes. Os gostos antigos não diminuem e os novos gostos não são adquiridos durante a noite. Podemos achar útil alterar alguns hábitos alimentares corporais ao mesmo tempo, e deixar essa experiência ilustrar a realidade espiritual. Mas ao pressionarmos, Deus nos encontrará e nos ajudará a "provar e ver" que ele é bom (Salmo 34: 8).

"O Deus da esperança" quer nos banquetear com as suas promessas e ser preenchido "com toda a alegria e paz em acreditar, de modo que, pelo poder do Espírito Santo, abundemos em esperança" (Romanos 15:13).

Lembre-se! A nossa Alegria não vem do modo de vida com riquezas, fama, status social e tudo mais que o mundo tem a nos oferecer. Mas, a nossa alegria provem de Deus, quando recebemos a graça e os seus benefícios dados à nós imerecidamente, através da obra de Cristo na Cruz do Calvário.

Glória a Deus, Amém!

Por: Missionário Vagner :) ;)


Tags: Fé, Perseverança , Esperança , Promessas de Deus , Cuidados da Alma

Você se torna no que você come